Line separator

Blog.

#MovimentoFelizAgora

Acompanhe as últimas notícias, artigos e novidades do nosso movimento. 

Refletindo sobre a solidariedade em tempos de Pandemia

Dê uma olhada nesse vídeo do Mário Sergio Cortella:


Aproveitando um pouco o teor da fala de Cortella achei interessante a experiência do resgate da compreensão ética da vida coletiva representada pela imagem do povo indígena no contato com o homem moderno no mundo capitalista.

A “selvageria” do povo que não ocupou um lugar nos bancos escolares da cidade, que não foi criado no modelo da família contemporânea e nem se atualizou com os vastos conhecimentos digitais dá luz ao aspecto da solidariedade enquanto palavra política dentro da Educação dos Direitos Humanos.

E não seria a solidariedade a palavra mais lembrada em tempos difíceis?

Pelo visto, momentos de intensa crise como a que estamos vivendo, mostra que a efetividade no enfrentamento está exatamente no resgate dos princípios da vida humana como a compaixão, empatia e solidariedade.

É através dela que se torna possível encarnar e expressar os conflitos e contradições da sociedade. Efetiva-la em ação exige esforço humano de sair de si deixando o outro entrar em nosso eu o que presume um olhar mais generoso e com menos julgamento.

Para nós, homens formados da sociedade moderna fica o alerta: “CUIDADO!!!”

Que a realidade que estamos vivendo evidencie e imprima nas pessoas a percepção das reais necessidades humanas, da incompletude, fragilidades que nos coloca na condição de indivíduos sociais cuja dependência inclui o direito ao acesso ao trabalho, educação intelectual e emocional e respeito.

Que as trocas e cuidados em ações solidárias se perpetuem com o olhar do indígena que deixou claro qual a forma correta de viver como ser humano.

Conteúdo desenvolvido por:


Simone da Silva Mendes

Psicóloga atuante na Prefeitura Municipal de Diadema e em seu consultório particular. Possui especialização Psicodrama e Neuropsicopedagogia.